top of page

Faça isso para acabar com o Efeito Sanfona





O efeito sanfona ou também conhecido como “efeito iô-iô” é um ciclo aonde a pessoa engorda e emagrece várias vezes, sem conseguir manter o peso.


O principal motivo para isso acontecer são as dietas restritivas (que excluem ou reduzem grande parte dos grupos alimentares, como os carboidratos). Esse tipo de dieta gera uma diminuição rápida de peso, porém o indivíduo não consegue seguir no dia a dia!


O problema é que esse ciclo não é saudável para o organismo, que precisa se adaptar à momentos intensos de restrição e exageros alimentares. Com o tempo o metabolismo acaba ficando mais lento, e menos responsivo às dietas.


Além disso, toda vez que a pessoa volta a engordar, além de aumentar o tamanho das células de gordura, elas também se multiplicam, o que torna o processo de emagrecimento cada vez mais difícil.


Para acabar de vez com esse ciclo, e conquistar um emagrecimento definitivo, é preciso fazer isso:


  • Não faça dietas extremistas: dietas muito baixas em calorias, e com redução muito acentuada de grupos específicos, (ex: proibição do consumo de pão, arroz, feijão de forma controlada, alguns tipos de frutas e legumes) são ótimas apenas para gerar transtornos alimentares. É super possível emagrecer comendo todos esses alimentos e também ter refeições livres na semana!


  • Faça uma atividade física que você goste: não tem nada mais chato do que você se sentir “obrigado” a fazer algum tipo de exercício apenas porque precisa emagrecer. Ao invés disso, se pergunte: qual atividade/exercício físico eu gostaria de desenvolver? Dessa forma, você consegue encontrar uma atividade que lhe dê prazer e ao mesmo tempo ajude no emagrecimento.


  • Comprometa-se: Se você deseja resultados duradouros, é preciso de uma boa dose de comprometimento! Isso significa você levar a sério o processo e entender que vai ser preciso abrir mão de algumas coisas para conquistar esse objetivo, mas o prêmio será recompensador: mais vitalidade, mais bem-estar, melhora da autoestima, melhora do sono, redução de TPM, diminuição de risco para as principais doenças atuais, como: diabetes, hipertensão, colesterol alto, doenças cardiovasculares.


  • Tenha paciência consigo mesma(o): nem sempre o processo vai ser tão rápido como você gostaria, e por isso é importante você ser empático consigo mesma(o) e não desistir! Não é porque teve alguns momentos de desânimo que você deve chutar o balde! Ou então, não é porque você “furou” algum combinado que você não é dedicada. A vida é feita de altos e baixos, e você precisa estar pronta para ter paciência com seu processo. Aprenda a apreciar a jornada!


  • Busque acompanhamento nutricional: somente no acompanhamento individual podemos identificar quais são as suas maiores dificuldades com o emagrecimento, quais suas preferências, rotina, gostos, sintomas, e queixas em relação à saúde. Isso faz total diferença na efetividade e manutenção dos seus resultados!



-

Camila Kutzner

Nutricionista

CRN10-8103

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page